18 janeiro 2007

É, acabou, já foi...

Bom, resolvi acabar com a preguiça e voltar a escrever. Não está sendo fácil, mas só assim para pegar o ritmo novamente.
Como falei, não vou escrever sobre o final de ano. É muita coisa e algumas delas não devem ser explicitadas. Ponto final.
Mas como não poderia deixar de mencionar, ele foi bom. Muito bom. E que o ano continue nesse ritmo.
Hoje estava pensando numa coisa, que foi o que me motivou a escrever. As pessoas que foram.
Isso mesmo, foram. Não são mais. Nada. Em alguns casos, nem lembrança.
Eu falo daquelas pessoas que algum dia foram muito importantes, às vezes até a mais importante naquele momento, e hoje não são mais que um lapso no seu passado. Aquelas pessoas que por algum motivos foram esquecidas ou se fizeram esquecer.
Não gosto de deixar pra trás quem já me foi muito bem quisto, mas em certos casos é inevitável. E o pior é que não me faz falta. Isso me deixa meio encucado. Meio não, completamente encucado.
Sou muito apegado a certas pessoas e a idéia de que posso esquecê-las é assustadora.
Porém já esqueci algumas. Outras me esqueceram. E assim vou tocando o barco.

Um comentário:

você sabe mt bem... disse...

Amore,
Esse post se enquadra totalmente no meu blog. Posso fazer um copy and paste? =)
Tô precisando tanto conversar contigo. Adorei a mensagem de ontem à noite, espero que você tenha recebido a minha de volta.
Te quero tão bem que nem sei dizer o quanto. Beijos no seu coração, que eu sei que é quase do tamanho do mundo...