10 outubro 2011

Todas as noites


eu e você
loucos a procura de fantasias
fazendo dos dias a nossa prosa
e das noites, poesia.

não somos dois
somos mais
somos sós
e sem sentido.

se eu te der a mão
você me dá um sorriso
eu te quero bem
você me quer contigo
se eu te fizer dormir
você vai sonhar comigo
não teremos início
nem seremos fim
só destino.

nos resta amar
e isso não basta
todo o amor é pouco
quando se tem
um coração louco.

Um comentário:

Natália Vertelo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.