16 setembro 2010

Luta

Vai tempo,
vai passando
carregando
o que não é seu
destruindo
o que já foi meu
sem pedir desculpa.

Vai tempo
vai contando
somando
aquilo que te dei
dividindo
o pouco que guardei
sem dar em troca.

Vai tempo
vai sumindo
desistindo
do que não tem volta
permitindo
que minha revolta
seja plena.

Acabou, tempo
já não da mais
dessa guerra
eu espero a paz
então me diz
como se faz
pra derrotar a fera.

2 comentários:

D i c a disse...

Tanto tempo que não te leio.. de pertinho. Tanto tempo que não vejo sua risada e sua pele cor de amendoas. =).. É o tempo.

Vanessa disse...

Quando descobrir, me conte!

Beijos e bom final de semana!