14 setembro 2010

Trincas

É pouco
é tudo
é nada.
O ir
o vir
a estrada.
O partir
o chegar
a alvorada.
Subir
descer
escada.
O ter
o ser
a sorte.
A dor
Amor
a morte.

Um comentário:

Marcio Nicolau disse...

Interessante exercício.