11 agosto 2008

Nota de esclarecimento 2

     Viva a diversidade de escolhas. Louvemos a pluralidade de gostos. E que todos aprendam a se respeitar.

     O intúito do post sobre músicas era pra mostrar coisas novas pra quem lê o blog, pois tenho quase certeza de que seria difícil ouvir no rádio. No máximo numa trilha sonora da globo.

     Algumas músicas já fizeram sucesso no passado, como o Eurythmics e o Boca Livre. Outros são conhecidos lá fora, porém não tem o trabalho divulgado aqui, caso do Gnarls Barkley, do Paolo Nutini e outros. O negócio é correr atrás.

     Eu gosto de muita coisa. Los Hermanos, Chico Buarque, Nina Simone, Pato Fu (só para ficar em alguns citados). Na verdade meu micro é uma usina de mp3 e quase nunca me nego a ouvir alguma coisa. As únicas exceções são Bregas em geral (que engloba arrocha) e pagodes modernos. E a dependendo do momento até isso eu escuto. Mas não danço.

     Como já coloquei no comentário do post, a Formidável Família Musical é bem legal. Uma bela surpresa. O Forfun não é muito minha praia, Ben roots ainda não ouvi. Dulce Pontes eu já conhecia a música, só não sabia quem era a artista. Das indicações da Tâmara só não conheço o Led, que será devidamente apreciado quando ficar de férias. E nesse meio tempo já conheci outros artistas, alguns bem legais, outros nem tanto...

     E sempre sintam-se a vontade para dar suas sugestões musicais, literárias ou cinematográficas. Um pouco de alegria nunca faz mal.



PS: Anônimos, não precisam se esconder, tá? Kkkkkkkkkkkkkkkk

Um comentário:

Clara disse...

Já que vc liberou...rs

Eu ando assombrada pelo fantasma de Frida Kahlo, pintora mexicana, mulher de chumbo.(vide post sobre rs)
e sugiro o filme. É bem velhinho, mas dá uma ótema panorâmica sobre vida e obra da moça.

bjs meus