09 setembro 2008

***

     E mais um final de semana se passou. Mais algumas da minha vida se foram. De alguma forma foram aproveitados, mesmo ficando uma sensação de que algo se foi e eu nem mesmo vi.

     Sábado foi dia de fotografia. Tudo bem que de manhã não pude ir para São Cristóvão fotografar, devido a minha adoradíssima mãe. Queria muito ter ido lá de novo, ainda mais acompanhando da minha ex-professora de fotografia. É sempre bom aprender um pouco mais. A tarde fiquei encarregado de bater as fotos da soltura das tartarugas na praia, feita pelo pessoal do Ocenário. Muito bunitinho vendo elas se arrastando até a água, para logo depois sumir na imensidão no mar. E isso tudo acompanhado por uma lua cheia maravilhosa. Vida chata!!!

     De noite teve mais um estréia do Urucubaca, grupo de teatro amador que tiver o prazer de fundar (e o desprazer de ter de sair por não pode ensaiar) com alguns amigos, 3 anos trás. Nesse dia a peça em questão era o Evangelho do Agonia, que falava sobre os sofrimentos do ser humano. Peça crua, com um clima bem pesado. Tortura, estupro, morte, dor. Foi muito bem encenada, ainda mais levando em conta os imprevistos. Parabéns pessoal. Se der eu volto para o grupo esse ano ainda. =D

     E como ninguém tá na vida só pra sofrer, fomos comemorar a estréia na praia. Um sol de rachar, um cerveja gelada, um peixe assado. Também tinha várias garotas bonitas por perto. E que foi?? Eu olho mesmo. Estou desimpidido (até quando, Jah??) e procuro não arranjar problema, olhando só pras desacompanhadas. E dessa vez esqueci a camera em casa. Damn it!!

8 comentários:

Leka de Castro disse...

Quer dizer que além de tudo, você ainda arrisca nos palcos do teatro? Muito prazer. Dessa eu não sabia!

Eu gostei do título da peça. Eu teria assistido se fosse aqui por Fortaleza e se o preço também não fosse tão salgado...

Cá entre nós, ainda não faço os bicos de fotógrafa ou de atriz, como certas pessoas.. :P Dinheiro contado!


Fiquei com inveja mesmo foi da sua praia, de sol quente e peixe assado. :$ Pulo a parte das garotas lindas e solteiras, claro.

Thito disse...

Eu me arriscava (o antigo diretor era doido, então sempre tinha o risco de alguém sair do ensaio para um posto médico). Talvez volte a me arriscar.

A peça foi de grátis, mas como era a primeira apresentação, só entrava quem tivesse convite. E o grupo nunca cobrou pra se apresentar.

Meus bicos também são de grátis. Não cobro. Ainda.

E quanto a praia, sem problemas: eu fico com a garotas. =D

Renata disse...

Essa coisa de ver as tartaruguinhas ao lugar, comemorar na praia....... vida chata pra caramba essa sua, Thito. Que inveja.
Beijo.

Renata disse...

Essa coisa de ver as tartaruguinhas ao lugar, comemorar na praia....... vida chata pra caramba essa sua, Thito. Que inveja.
Beijo.

bomproce disse...

Nossa...cresci à beira de um berçário de tartarugas e até hoje não descrever direito a sensação de vê-las sumindo no mar....

Adorei seu cantinho.

Beijos

Tâmara disse...

Ando tão precisada de teatro amador, um sol de rachar e cerveja gelada!

Estória Estranha disse...

vc tá sério no foto!!! =P

Estória Estranha disse...

Eu tô com inveja de vc... o.O