15 abril 2009

Maresia...



      Esses dias tem sido de uma maresia sem fim. Se eu morasse mais perto da praia acho que nem levantaria da cama. Sabe como é, o peso do sal sobre o corpo é demais...

      Dias normais, tempos normais. Tão normais que chega a dar preguiça de vivê-los. Eu acordo, mas minha mente se nega a pensar. Eu levanto e tomo banho, mas ela continua pensando na cama. Eu vou trabalhar, fico louco de tanta tabela de Excell e de usuários sem noção, porém ela só pensa em voltar para casa. Talvez o único momento de disposição dela seja para escolher as músicas a ouvir. E isso acontece a cada dois ou três dias, então nesse meio tempo fico escutando a mesma coisa.

      Acho que preciso de coisas novas no meu dia a dia. Pode ser algo simples, descompromissado, desde que consiga mudar minha rotina. Agora eu estou de férias dos meus pais até maio, parece que a coisa vai demorar a acontecer. Sabem como é, pais tem a grande capacidade de mudar nossas vidas (não necessariamente para melhor).

      Sinceramente, preciso de um grande acontecimento na minha insossa vida. Pode ser algo extraordinariamente ótimo ou uma catastrofe que pareça não ter mais fim. Só preciso que acontece, dando preferência a primeira alternativa.

      O Marcelo Camelo tem me dito faz uns 2 dias e agora eu estou passando a acreditar:

"Acho que não vai dar tô cansado demais
Vou ver a vida a pé"

      E ela que vá a pé, porque eu vou ficar aqui deitado...



11 comentários:

Day Pinheiro disse...

Preguiçoso.

Tâmara disse...

Anjo, algo novo?
Eu também pensava aasim...que eu precisaria de algo novo na minha vida. Ainda bem que acordei a tempo e vi que eu que precisava a ter um olhar novo diante do mundo ao meu redor!....

é que se a gente nao se predispor, não se abrir...provavelmente tudo sera como antes....

rsrsr

Bora Viajar?

NOW!

Tâmara disse...

Acoooooooorrrda!!!
Não deixem que te tirem teu lugar ao sol....
acooooooorrrrda!!!

Lizzie disse...

É monotonia, preguiça, mesmice?
Gosto também de algumas coisas que o Marcelo Camelo escreve. Mas o comportamento dele anda tão... Sei lá!


Um beijo!
www.lizziepohlmann.com

Dica disse...

Haha!
Aa, Thito.. levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima. =)

Sei bem como é estar assim. Você só está, não é assim. Logo, isso vai passar.
Fiquei assim quando "namoradinho" terminou. Eu que já estava acostumada a só sair com ele pra festas, shopping, praia, cinema.. Quando não achei mais esse "cara" pra me acompanhar pra trudo. Nossa!
FIquei longos dois meses sem praticamente colocar o pé na rua.
Felizmente, as coisas mudaram. rs
Mas, tudo só aconteceu com um grande empurrão meu de dentro pra fora, sabe. Faça o mesmo.

Beijosss!
[Qualquer coisa, estou aqui. rs Dá um pulinho em Salvador que te levo pra passear.]

Grazielle disse...

Cuidado com aquilo que vc deseja!

tatiana hora disse...

tô me sentindo assim também

arteimitavida disse...

Enquanto uns querem ter uma rotina mais calma(eu) outros se queixam da calmaria... Umbora trocar?

Bjoks

Vanessa disse...

Aaaah...mas preguiça, apesar de ser pecado...é muito bom!
Oooohhhh...
Acho que vou dormir, ler esse blog me deu uma preguiça!

ZzZzZzZzZ...beijos e boa semana!

Janaina de Oliveira disse...

algo novo? vc precisa he de um amor. com certeza ;DD

Ela disse...

Melhor ficar com a primeira alternativa. Dá pra se aprender muito com as catástrofes, mas até lá... como se sofre!