06 abril 2009

Nostalgia




Você precisa saber da piscina
Da margarina, da Carolina, da gasolina
Você precisa saber de mim

Baby, baby
Eu sei que é assim
Baby, baby
Eu sei que é assim

Você precisa tomar um sorvete na lanchonete
Andar com gente, me ver de perto
Ouvir aquela canção do Roberto

Baby, baby
Há quanto tempo
Baby, baby
Há quanto tempo

Você precisa aprender inglês
Precisa aprender o que eu sei
E o que eu não sei mais
E o que eu não sei mais

Não sei
Comigo vai tudo azul
Contigo vai tudo em paz
Vivemos na melhor cidade
Da América do Sul, da América do Sul
Você precisa, você precisa

Não sei,
Leia na minha camisa
Baby, baby
I love you
Baby, baby
I love you



Musica do Caetano Veloso, cantada pela Gal Costa no disco Gal, de 1969

2 comentários:

Tâmara disse...

è saudade é coisa que bole, coisa que faz samba , coisa que faz um rebuliço danado dentro da gente!

Ana disse...

já se tornou constante eu entrar aqui... ler vc.
É isso, quando entro aqui tenho a impressão de estar lendo vc que nem sequer conheço, quem nem adivinho os gostos, que não é nem amigo apenas desconhecido.
Mas assim vou admirando, gosto do que escreve, gosto de como escreve: SIMPLES E CLARO E AINDA ASSIM DOCE.
Se puder um dia envia resposta, fiquei imaginando como deve ser uma conversa com vc.