08 abril 2010

Molhado

Pingos, gotas, lágrimas
Que lavam, que levam, que molham
No fim, somente a chuva.
Como num choro
Sem tristeza, sem lamento, sem coragem
Precipitando, precipitado.
Me transborde, me transporte
Me carregue em suas águas
E faça de mim um rio

Um comentário:

Ser como a fênix disse...

vc escrve bem...

=)