05 maio 2009

Apelação de homem só!

Sei que você fez os seus castelos
E sonhou ser salva do dragão
Desilusão meu bem
Quando acordou estava sem ninguém

Sozinha no silêncio do seu quarto
Procura a espada do seu salvador
Que no sonho se desespera
Jamais vai poder livrar você da fera
Da solidão

Com a força do meu canto
Esquento o seu quarto pra secar seu pranto
Aumenta o rádio
me dê a mão

Filosofia é poesia é o que dizia a minha vó
Antes mal acompanhada do que só
Você precisa de um homem pra chamar de seu
Mesmo que esse homem seja eu
Um homem prá chamar de seu



      O que seria da minha fossa seu o Tremendão??

      Mesmo que seja eu - Erasmo Carlos

2 comentários:

Cindy Rosa disse...

mesmo que seja você?
kkkkkk

;*

Elenita de Castro disse...

Posso ser sincera? Não reconheci a música. E fui lendo achando que você que tinha escrito, e tal... Rimado e tudo. Ia te dar os parabéns... Mas quando eu vi no final que era a música do Erasmo Carlos, rolou aquela decepção. Ou seja? Não que voce seja menos do que ele e por isso menos exigido. O fato é que o cara vivia/vive disso. E uma letra dessa...



Eu só gosto das duas últimas frases. Só.