07 novembro 2008

Tudo vale a pena, quando a alma não é pequena...

      Hoje nós conversamos e espero que o mal entendido tenha sido resolvido. Até porque nunca vi algo de errado em estar apaixonado.

      Paixão é algo intenso e efêmero. Chega tão ráido quanto vai embora. Só que algumas paixões deixam uma sementinha, que depois brota e vira amor. E isso sim é bom demais.

      Se minha paixão por essa pessoa vai virar amor eu não faço idéia, só tenho a certeza que agora queria tê-la do meu lado. E o máximo que posso fazer é me contentar com a tela de um computador. Meu desejo é que isso mude e talvez você resolva se mudar pra cá (tem praia, lembra?). Mas um dia a gente se encontra...

      E aí é outra história. Pensar eu penso, mas a realidade é outra coisa. Sei que vai ser ótimo, infinito enquanto durar. Lembre-se que a vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro nessa vida.

      E que, no fim, Vinícius de Morais deixe de lhe dar medo e pareça, quem sabe, uma tartaruga de pelúcia no seu quarto. ;)

2 comentários:

Renata disse...

Apaixonado?? Ah, que gostoso! Faz tempo que eu não me apaixono...

Beijo.

Raquel disse...

óia

vc com tanta novidade e não me fala nada..tsctsc..

Que bom que está amando, fico feliz por você!
Bjos Thito