31 janeiro 2008

Não tenho mais


Saudade


Não tenho mais a saudade,
Não sinto mais essa dor!
Meu coração hoje mora
Na casa de um vencedor,
Onde se habita beleza
Não chora flor!

Em solo firme e sentimento
Construí feliz morada,
Na base em pedra erguí tijolo,
Qual liga em aço, fiz cimento!
Pra não seguir no sofrimento
Instruí minha jornada,
Nem fiz na areia, como um tolo,
Abrigo frágil pro tormento!

Nem vendaval, nem tempestade
Vão abalar ou sequer incomodar
Onde alegria fez um lar
Sempre em festa, como esta,
E hoje, pra comemorar
O doce enterro da saudade!

Não tenho mais ...

2 comentários:

Júlia disse...

Será?????



Tire suas mãos de mim
Eu não pertenço a você
Não é me dominando assim
Que você vai me entender
Eu posso estar sozinho
Mas eu sei muito bem aonde estou
Você pode até duvidar
Acho que isso não é amor.

Será só imaginação?
Será que nada vai acontecer?
Será que é tudo isso em vão?
Será que vamos conseguir vencer?

Nos perderemos entre monstros
Da nossa própria criação
Serão noites inteiras
Talvez por medo da escuridão
Ficaremos acordados
Imaginando alguma solução
Prá que esse nosso egoísmo
Não destrua nosso coração.

Será só imaginação?
Será que nada vai acontecer?
Será que é tudo isso em vão?
Será que vamos conseguir vencer?

Brigar prá quê?
Se é sem querer
Quem é que vai
Nos proteger?
Será que vamos ter
Que responder
Pelos erros a mais
Eu e você?

Grazielle disse...

Morte a saudade!!!

e vida longa a alegria!

rsrsrs