24 fevereiro 2008

Uma semente de ilusão: tem que morrer pra germinar

     Os percalços que o Movimento Estudantil causa me faz perder, por vezes, a vontade de continuar nessa luta. Mas aí chega mais um turma de calouros e vem aquela vozinha interior: tenta mais uma vez!!!

     Hoje conheci parte da turma que vai entrar esse ano no curso. Parece ser uma turma animada e disposta, então se bem trabalhada pode render bons frutos. E isso é algo necessário, quiçá, urgente.

     Como primeiro encontro, e tendo sido organizado por eles, evitei ficar tocando em assuntos como CA, MEBio, essas coisas. Acho que seria forçação de barra com pessoas que nem sabem onde fica o CALB. Isso é algo pra ser abordado na calourada ou na recepção.

    Vou aqui pensar em formas de conseguir não assustá-los quando tocar no assunto, mas isso sempre é difícil.

2 comentários:

* мiмiℓα * disse...

estamos aew pro q der e vier ^^

ficarei em casa treinando o troço da caneca (putz)!!!

e...

"amor sem sofrimento naum tem graça"

concordo(mas naum exageradamente), improvisos tento fazer tds os dias... ah como eh dificil!!! podes crer!!!

Detalhes garoto, detalhes...

Mairla disse...

já pensou psicologia?! kkkkk
nem se quer existe..